Categories
Uncategorized

Como tratar a compulsão alimentar?

Com o dia a dia agitado e constantes cobranças, a compulsão alimentar se tornou um problema comum. Neste post, esclarecemos o que é e quais são os tratamentos para esse problema. Acompanhe e saiba como funcionam!

O que é a compulsão alimentar?

A compulsão alimentar, também conhecida como transtorno da compulsão alimentar periódica, é um distúrbio que se caracteriza pela fome excessiva, com consumo descontrolado de alimentos, sempre em grandes quantidades e impulsivamente.

Não há o prazer de degustar os alimentos e esses ataques acontecem em intervalos curtos. Após os episódios, é comum se sentir envergonhada, triste e culpada por não ter conseguido se controlar.

O distúrbio pode desencadear problemas de imagem e autoestima, além de depressão e obesidade, com a possibilidade de prejudicar enormemente a saúde, seja em curto ou longo prazos.

O que causa a compulsão alimentar?

De maneira geral, são três as principais causas da compulsão alimentar. A seguir, apresentamos quais são elas e como funcionam:

  • Estresse e ansiedade: quem está sob constante estresse e ansiedade busca na alimentação uma forma de compensação. É justamente aí que está o perigo, porque a compulsão pode se instalar, surgindo uma incontrolável vontade de comer doce e carboidrato, principalmente;
  • Dieta restritiva: é uma grande vilã porque priva a pessoa de comer o que ela gosta, aumentando significativamente o desejo por consumi-los. Quando isso finalmente ocorre, a ingestão é compulsiva e descontrolada, levando à instalação do distúrbio;
  • Problemas de imagem e emocionais: funcionam como gatilho para a compulsão alimentar, para substituir sensações e sentimentos.

Tratamento para compulsão alimentar

O tratamento para compulsão alimentar é feito com a adoção de diferentes estratégias. De modo geral, recomenda-se fazer um acompanhamento com uma psicóloga, porque a condição normalmente está associada à falta de controle de emoções.

Comumente, realiza-se psicoterapia durante um período, até que a compulsão alimentar seja controlada. Outra profissional da saúde que deve consultar é a nutricionista, para desenvolver e seguir um plano alimentar adequado, que realmente garanta nutrientes ao corpo e evite os excessos.

A nutricionista costuma indicar uma reeducação alimentar. Em alguns casos, pode recomendar a ingestão de inibidores de fome naturais, como a quitosana (Chitosan), 5 HTP, Gymnema Silvestre, Garcínia Cambogia e Pholia Negra.

Tais inibidores de apetite naturais são eficazes para controlar a vontade excessiva de comer doce e carboidrato, dando suporte no tratamento da compulsão alimentar e garantia da saúde.

Dicas para controlar a compulsão alimentar

Agora que já sabe como tratar a compulsão alimentar, também é importante saber como controlá-la. Veja, a seguir, como isso é possível:

  • Adote uma rotina alimentar com horários e planejamento de refeições, o que fará com que seu organismo se acostume a comer em horas específicas;
  • Não faça dietas restritivas ou jejum, porque estimulam a vontade de comer de modo exagerado;
  • Consuma mais fibras, pois elas são lentamente digeridas pelo organismo e aumentam a sensação de saciedade;
  • Faça exercícios regularmente, uma vez que durante sua realização há liberação de serotonina, que proporciona sensação de bem-estar e reduz o risco de novos quadros de compulsão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *