Categories
Geral

Chocolate saudável existe? Confira!

Quem adota uma reeducação alimentar ou dieta normalmente tem vontade de comer chocolate, mas acaba fugindo do doce por acreditar que não seja saudável.

É justamente aí que uma opção é lembrada, o chocolate saudável. Aqui, falamos mais sobre o doce e desvendamos se realmente existe. Confira!

 

Qual a origem do chocolate?

O chocolate é feito a partir do cacau, que é o fruto do cacaueiro, uma árvore originária da bacia hidrográfica do rio Amazonas. Ao longo dos anos, espalhou-se pela América Central e do Norte.

Os maias usavam a semente do cacau como moeda de troca, além de utilizá-la para fazer uma bebida servida em rituais. Os astecas chamaram essa bebida de xocolatl, daí o nome do doce.

Mas, a bebida tinha sabor bem diferente do chocolate que conhecemos hoje. Na época, era feita com semente torrada de cacau, pimenta e baunilha, entre outras especiarias.

No período dos descobrimentos, a semente do cacau foi levada à Europa e começou a ser utilizada no desenvolvimento de receitas com adição de açúcar e leite. Foi a partir daí que surgiu o chocolate que hoje consumimos.

 

Como o chocolate é feito?

Existem diversos processos de fabricação do chocolate e cada marca adota o de sua preferência. De modo geral, utiliza-se a semente de cacau torrada como matéria-prima.

Então, adiciona-se o açúcar, leite e manteiga de cacau, caso seja uma versão de chocolate ao leite. Se for chocolate amargo, o leite não é utilizado durante a produção.

Todo o processo produtivo é composto por diferentes etapas, como a limpeza (retirada de impurezas), torra, descascagem, moagem e prensagem, refino da massa, conchagem (adição da manteiga de cacau), temperagem e moldagem.

 

Existe chocolate saudável?

Uma das dúvidas mais comuns sobre o chocolate é se realmente existe uma versão saudável. Curiosamente, por si só o chocolate faz bem para a saúde, os problemas são outros ingredientes utilizados na fabricação de alguns tipos.

O açúcar, o leite e a manteiga de cacau, por exemplo, são calóricos e levam ao ganho de peso, que pode se transformar em obesidade e gerar outros problemas de saúde, como doenças de coração.

É importante ressaltar que esses problemas surgem a partir do consumo em excesso do chocolate ao leite ou branco, sem um controle alimentar e quando se tem hábitos de vida nada saudáveis.

Agora, se o chocolate não tiver esses ingredientes ou apresentar uma quantidade baixíssima deles, o doce é, sim, extremamente saudável.

Um ótimo exemplo de chocolate saudável é o amargo, que traz em sua composição uma quantidade reduzida de açúcar, somente. Por isso, tem um amargor mais acentuado, porém também é saboroso.

Para ser saudável, recomenda-se que o chocolate tenha, no mínimo, 70% de cacau em sua composição. Atualmente, é possível encontrar alternativas com até 99% de cacau.

Uma opção para quem busca um chocolate saudável são bombons feitos com chocolate 70% e adições de ativos que proporcionam benefícios à saúde, como fibras, antioxidantes e proteínas.

 

Bombom de chocolate saudável

O bombom de chocolate saudável tem em sua composição o chocolate amargo. Uma boa alternativa do doce é o bombom de chocolate com L-Theanina e 5 HTP, ativos naturais que auxiliam no emagrecimento.

A L-Theanina é um aminoácido da planta Camellia sinensis (chá verde), que atua no sistema nervoso central ajudando a protegê-lo, além de controlar a ansiedade, estresse e sintomas da TPM.

Também reforça o sistema imunológico, dá proteção cardiovascular, controla a hipertensão, melhora o sistema cognitivo e auxilia na perda de peso.

Já o 5 HTP (5-hidroxitriptofano) é um aminoácido que age de maneira semelhante ao triptofano, atuando como um precursor da serotonina, de modo a promover sensação de bem-estar e auxiliar no controle da compulsão alimentar.

O 5 HTP também é um aliado na melhora do sono, memória, aprendizado e humor, além de auxiliar no bom funcionamento cardiovascular e regulação endócrina.

 

Benefícios do chocolate amargo

Agora que você já sabe qual o chocolate mais saudável, que tal conhecer os benefícios desse doce? O chocolate amargo proporciona:

 

Aumento do metabolismo

O chocolate amargo é responsável por aumentar naturalmente o metabolismo, fazendo que com gaste mais calorias, o que auxilia no processo de perda de peso.

 

Redução do apetite

O doce tem flavonoides em sua composição, que provocam uma redução da resistência à insulina, regula índices de glicose, diminui o apetite e evita o acúmulo de gordura.

 

Proteção do coração

O chocolate tem catequina e procianidina, que são antioxidantes e inibem uma enzima que aumenta a pressão arterial. Além disso, o cacau em altas dosagens ajuda reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom.

 

Sensação de bem-estar

O consumo de cacau libera substâncias que provocam sensação de bem-estar, como a endorfina (diminui o estresse), a serotonina (é antidepressiva) e a anandamida (é antidepressiva, ansiolítica e analgésica).

Portanto, se investir na versão certa, a com no mínimo de 70% de cacau, dá, sim, para comer chocolate sem culpa!

Categories
Geral

Muro ou gradil? Qual a melhor opção para imóveis em Londrina?

Cercar imóveis é uma das principais dicas para torná-los seguros, com menor risco de invasões. Entre as principais soluções para cercamento está o muro e o gradil. Aqui, indicamos qual é a melhor opção para imóveis em Londrina. Confira!

 

Gradil: o que é?

O gradil é uma grade de proteção normalmente feita com aço galvanizado. Possui sistema modular, o que descomplica, agiliza e barateia sua instalação, finalizando o trabalho rapidamente e por um baixo custo.

Chama a atenção por ter estética diferenciada, que não interfere na decoração externa do imóvel, chegando a passar despercebido, sobretudo quando instalado em áreas verdes.

 

Muro x gradil: principais características

Para saber escolher entre o muro e o gradil é preciso analisar as características de ambos os tipos de cercas Londrina. Veja, a seguir, quais são elas:

 

Nível de segurança

No quesito segurança, o gradil leva vantagem porque além de ser uma barreira física alta, também se caracteriza por ser difícil de ser escalado por ser fabricado com um material liso e ter vãos pequenos, que não possibilitam o encaixe dos pés.

O gradil Londrina também é destaque porque possui estrutura de tela / grade de proteção, oferecendo boa visibilidade do que se passa ao redor do imóvel, de modo a agir preventivamente, sobretudo em caso de atividades suspeitas.

O muro, por sua vez, é mais suscetível a escaladas e não garante visibilidade da área externa, sem proteger adequadamente os moradores do imóvel.

 

Resistência a danos e durabilidade

O muro possui baixa resistência a danos, o que significa que tem sua durabilidade comprometida. Já o gradil é fabricado com materiais resistentes, como o aço galvanizado, que não enferruja. É por isso que dura mais tempo e não demanda constantes reparos.

Essas características de ambos os cercamentos acabam por interferir diretamente na manutenção: o muro precisa passar por reformas periodicamente, enquanto o gradil não precisa de consertos, desde que instalado corretamente.

 

Instalação do cercamento

Muros são construções de alvenaria, o que significa que demandam um tempo maior para ficarem prontos. Isto não ocorre o gradil devido ao seu sistema modular, que facilita o manuseio e instalação do cercamento.

 

Custo-benefício

O custo-benefício do gradil é superior ao do muro, o que se deve a diversos fatos, como a maior segurança oferecida ao imóvel a um preço mais acessível, seja em curto ou longo prazos, já que não se faz necessário realizar grandes reformas para instalação ou fazer manutenções periódicas.

 

Fator estético

O gradil possui estética agradável, que não chega a interferir muito na decoração externa do imóvel. O muro, no entanto, provoca uma alteração profunda, exigindo mais gastos para adaptá-lo à decoração, seja com pinturas ou instalações específicas.

 

Qual o melhor, muro ou gradil?

O gradil é a melhor solução de cercamento para imóveis, apresentando um excelente custo-benefício. Com ele, é possível montar cercas altamente eficientes e esteticamente agradáveis sem estourar seu orçamento.

Ao montar cercamentos, confira as principais opções de grades e portões Londrina e escolha a que mais se adequa ao seu projeto, para construir cercas de elevada qualidade e poder de proteção.

Categories
Geral

O que é ciência da computação?

A ciencia da computação pode ser definida como a ciência responsável pelo estudo das técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas. O curso ciência da computação visa preparar o futuro profissional para realizar automatização de processos e desenvolver soluções de processamento de dados, tanto de entrada como de saída em computador, transformando isso tudo em informações.

Porém, é importante ressaltar que um curso de computação não está restrito apenas ao estudo de algoritmos, suas aplicações e como implementá-los no formato de um programa eletrônico, ou seja, um software. A faculdade de computação também engloba técnicas de modelagem e gerenciamento de banco de dados, envolvendo ainda aspectos de telecomunicação e protocolos de comunicação, bem como princípios que abrangem outras especializações dentro da área da ciencia da computacao a distancia.

Assim sendo, no curso de ciência da computação ead os alunos aprendem uma ciência exata, que possui elementos da lógica filosófica de Aristóteles, e quem realiza uma faculdade de programação será capaz de criar metodologias e técnicas para implementação de softwares específicos e ainda modelagem, codificação, testes e avaliações de sistemas online e off-line.

 

Como se tornar um cientista da computação?

Para trabalhar na área de ciencias da tecnologia, você precisa concluir um curso de bacharelado em ciência e tecnologia. São quatro anos de estudo e prática que vão te preparar para o mercado de trabalho. E se você se pergunta: quanto custa uma faculdade de ciências da informática? A resposta dependerá da instituição e quantidade de meses! Por exemplo, no Centro Universitário Unifacvest, se optar por cursar em 48 meses o valor da mensalidade será de R$ 199. Já se optar por 64 meses, o preço mensal cai para R$ 134,32.

E ainda, é de suma importância que antes mesmo de iniciar o curso, você possua habilidade para lidar com dispositivos tecnológicos, e também goste de matemática, já que essa disciplina vai te acompanhar durante todos os anos de curso de ciencia da computação. E, como a tecnologia está em constante mudança é necessário manter-se sempre atualizado. Por isso, você deve ser curioso e estar em constante aprendizado, acompanhando as novas tendências, mantendo-se ativo e competitivo no mercado de trabalho da informática.

O primeiro passa para ingressar na área de ciencia da computação, é procurar por um bom curso de bacharelado. Você deve conferir se a instituição de ensino é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) e isso vale tantos para os cursos EAD (ensino a distancia) quanto para os presenciais. O credenciamento é o que fará com que o seu diploma seja bem aceito na hora de fazer uma especialização ou quando for procurar uma oportunidade no mercado de trabalho na área. Confira também a grade curricular, veja as matérias e assuntos que aprenderá durante os anos de graduação. Procure ainda por depoimentos de alunos e ex-alunos, para ter uma prévia de como é ser estudante naquela instituição de ensino.

 

Saiba mais sobre ciencia da computação

Em resumo, podemos dizer que a ciencia da computação é a área que atua no desenvolvimento de programas para objetivos diversos em diferentes dispositivos. Sendo assim, um profissional de informática também pode ser conhecido como cientista da computação. Ele trabalhará em seu dia a dia com muita programação e análise de informações em banco de dados. E ainda, este profissional será responsável por fazer uma análise das necessidades dos usuários, para então desenvolver softwares e também aplicativos, que possam servir tanto para corrigir problemas, bem como facilitar processos diversos.

Depois de concluído o curso, e obtido o diploma na área de ciencia da computação, o profissional da informática também poderá dar assistência aos demais usuários da empresa, realizando por exemplo, a manutenção das redes de computadores e conexões com a internet, e ainda auxiliando os mais diferentes departamentos, seja na implementação e gerenciamento de banco de dados, como também em soluções estratégicas da organização.

Por fim, quem possui um curso de ciencia da computação não necessariamente precisará trabalhar em uma empresa diretamente ligada à tecnologia, o campo não é restrito! É possível atuar em qualquer corporação que utilize os meios tecnológicos para desenvolvimento e crescimento. Existem muitas vagas de emprego abertas na área, pela falta de profissionais extremamente qualificados. A área de ciencia da computação é muito importante e está sempre em expansão.

Categories
Geral

Devo optar pela criação de um blog para a minha empresa?

Quando decide implementar estratégias de marketing digital, todo gestor se vê diante de uma dúvida: afinal, será que vale a pena investir em blog para a empresa? Essa questão é comum principalmente quando se considera que redes sociais têm um grande peso em estratégias digitais.

Mas, acredite, ter um blog ainda é um grande investimento para toda empresa. Veja, a seguir, o porquê e entenda a relevância dessa alternativa para gerar resultados para seu negócio!

 

Por que criar um blog para a empresa?

Criar o blog é uma alternativa interessante para a empresa porque possibilita que conquiste diversos resultados, sobretudo em médio e longo prazo, ajudando em seu crescimento e aumento do faturamento e lucratividade. Veja, a seguir, o que é possível atingir:

 

Ganho de autoridade e credibilidade

Produzir e divulgar conteúdo sobre sua área de atuação, serviço ou produto demonstra conhecimento. Se esse conteúdo for realmente relevante, ele ajudará seu negócio a se tornar autoridade no segmento, tendo boa credibilidade.

Na prática, isso significa que o conteúdo do blog atrairá mais clientes e potenciais consumidores, além de gerar novas oportunidades de vendas, com possibilidade de faturar mais online.

 

Visibilidade e melhor ranqueamento no Google

A publicação de conteúdo em um blog gera a indexação do site em motores de busca, como o Google, facilitando que o usuário encontre sua empresa, produtos e serviços.

Se esse conteúdo tiver qualidade e for otimizado com técnicas de SEO, será possível posicioná-lo melhor em páginas de resultados de busca, passando a ter um ranqueamento na primeira página, dando maior visibilidade para a marca / empresa.

 

Facilidade na captação de leads

O conteúdo possibilita que a empresa capte leads / potenciais clientes, podendo nutri-los e educá-los, o que aumenta expressivamente a chance de fechar novas vendas e maximizar o faturamento.

Para atingir esses resultados, é importante que a empresa crie conteúdos relevantes, que agregam valor ao leitor, como os que esclarecem dúvidas ou ajudam a solucionar problemas.

Esses conteúdos, inclusive, devem ser pensados e desenvolvidos considerando cada etapa da jornada de compra do consumidor, para abranger o maior público possível e trazer resultados expressivos de captação de leads e vendas.

 

Aumento das vendas

O blog e seu conteúdo facilitam e aumentam as vendas, já que possibilitam que o cliente conheça a empresa e mantenha contato ela, conhecendo-a melhor até sentir tranquilidade em relação à compra.

Além disso, o blog também gera a lembrança da marca, o que estimula o retorno para o site quando o cliente decide efetivar a compra, de modo a fechar vendas em médio a longo prazos.

 

Resultados de captação e vendas constantes

Um dos diferenciais do blog é que ele continua gerando resultados ainda que decida abandoná-lo e não realizar mais postagem, o que não acontece ao investir em mídia offline ou em campanhas de links patrocinados, por exemplo.

Isto ocorre porque o blog continua no ar, ou seja, seu conteúdo terá visitas e poderá receber links de indicação, contribuindo para que consiga ou mantenha sua autoridade e relevância em mecanismos de busca. De maneira resumida, é possível receber tráfego continuamente.

 

Blog, Inbound Marketing e SEO

Convencido dos benefícios de criar um blog e pretende adotá-lo com uma de suas principais estratégias de marketing digital? Então, é importante conhecer o Inbound Marketing e SEO, que devem ser implementados juntos para atingir resultados surpreendentes.

 

Inbound Marketing

O Inbound Marketing é uma estratégia que tem como base o marketing de conteúdo, que consiste na criação e distribuição de conteúdo relevante para um público específico, aquele que a empresa deseja atingir.

Esse conteúdo costuma ajudar o público a solucionar um problema ou esclarecer uma dúvida, possibilitando que a empresa se torne referência e autoridade na área de atuação.

Além disso, o Inbound Marketing gera engajamento, permite estabelecer um relacionamento de confiança com o público e aumenta a taxa de captação de leads e de conversão.

 

SEO

Trata-se do Search Engine Optimization (otimização para motores de busca). Esta é uma estratégia destinada a otimizar o site como um todo, inclusive seu conteúdo, para que gere o melhor resultado possível em ranqueamento em ferramentas de busca como o Google.

Um blog com bom ranqueamento gera maior visibilidade, atrai mais consumidores e potenciais consumidores, aumenta o tráfego no site, capta mais leads e consegue realizar mais vendas.

Tudo isso é conquistado de forma orgânica, isto é, sem pagar como ocorre em outras estratégias de marketing digital como a de link patrocinado, apresentando um excelente custo-benefício.

Outra vantagem do SEO é que possibilita ter resultados de maneira contínua, ou seja, em médio e longo prazos, desde que mantenha a estratégia para não perder o bom ranqueamento.

Quer criar um blog e utilizar as estratégias de Inbound Marketing e SEO para potencializar seus resultados? Então, contrate uma agência de SEO para realizar esse trabalho com excelência e maior chance de ter resultados significativos.