Categories
Geral

Chocolate saudável existe? Confira!

Quem adota uma reeducação alimentar ou dieta normalmente tem vontade de comer chocolate, mas acaba fugindo do doce por acreditar que não seja saudável.

É justamente aí que uma opção é lembrada, o chocolate saudável. Aqui, falamos mais sobre o doce e desvendamos se realmente existe. Confira!

 

Qual a origem do chocolate?

O chocolate é feito a partir do cacau, que é o fruto do cacaueiro, uma árvore originária da bacia hidrográfica do rio Amazonas. Ao longo dos anos, espalhou-se pela América Central e do Norte.

Os maias usavam a semente do cacau como moeda de troca, além de utilizá-la para fazer uma bebida servida em rituais. Os astecas chamaram essa bebida de xocolatl, daí o nome do doce.

Mas, a bebida tinha sabor bem diferente do chocolate que conhecemos hoje. Na época, era feita com semente torrada de cacau, pimenta e baunilha, entre outras especiarias.

No período dos descobrimentos, a semente do cacau foi levada à Europa e começou a ser utilizada no desenvolvimento de receitas com adição de açúcar e leite. Foi a partir daí que surgiu o chocolate que hoje consumimos.

 

Como o chocolate é feito?

Existem diversos processos de fabricação do chocolate e cada marca adota o de sua preferência. De modo geral, utiliza-se a semente de cacau torrada como matéria-prima.

Então, adiciona-se o açúcar, leite e manteiga de cacau, caso seja uma versão de chocolate ao leite. Se for chocolate amargo, o leite não é utilizado durante a produção.

Todo o processo produtivo é composto por diferentes etapas, como a limpeza (retirada de impurezas), torra, descascagem, moagem e prensagem, refino da massa, conchagem (adição da manteiga de cacau), temperagem e moldagem.

 

Existe chocolate saudável?

Uma das dúvidas mais comuns sobre o chocolate é se realmente existe uma versão saudável. Curiosamente, por si só o chocolate faz bem para a saúde, os problemas são outros ingredientes utilizados na fabricação de alguns tipos.

O açúcar, o leite e a manteiga de cacau, por exemplo, são calóricos e levam ao ganho de peso, que pode se transformar em obesidade e gerar outros problemas de saúde, como doenças de coração.

É importante ressaltar que esses problemas surgem a partir do consumo em excesso do chocolate ao leite ou branco, sem um controle alimentar e quando se tem hábitos de vida nada saudáveis.

Agora, se o chocolate não tiver esses ingredientes ou apresentar uma quantidade baixíssima deles, o doce é, sim, extremamente saudável.

Um ótimo exemplo de chocolate saudável é o amargo, que traz em sua composição uma quantidade reduzida de açúcar, somente. Por isso, tem um amargor mais acentuado, porém também é saboroso.

Para ser saudável, recomenda-se que o chocolate tenha, no mínimo, 70% de cacau em sua composição. Atualmente, é possível encontrar alternativas com até 99% de cacau.

Uma opção para quem busca um chocolate saudável são bombons feitos com chocolate 70% e adições de ativos que proporcionam benefícios à saúde, como fibras, antioxidantes e proteínas.

 

Bombom de chocolate saudável

O bombom de chocolate saudável tem em sua composição o chocolate amargo. Uma boa alternativa do doce é o bombom de chocolate com L-Theanina e 5 HTP, ativos naturais que auxiliam no emagrecimento.

A L-Theanina é um aminoácido da planta Camellia sinensis (chá verde), que atua no sistema nervoso central ajudando a protegê-lo, além de controlar a ansiedade, estresse e sintomas da TPM.

Também reforça o sistema imunológico, dá proteção cardiovascular, controla a hipertensão, melhora o sistema cognitivo e auxilia na perda de peso.

Já o 5 HTP (5-hidroxitriptofano) é um aminoácido que age de maneira semelhante ao triptofano, atuando como um precursor da serotonina, de modo a promover sensação de bem-estar e auxiliar no controle da compulsão alimentar.

O 5 HTP também é um aliado na melhora do sono, memória, aprendizado e humor, além de auxiliar no bom funcionamento cardiovascular e regulação endócrina.

 

Benefícios do chocolate amargo

Agora que você já sabe qual o chocolate mais saudável, que tal conhecer os benefícios desse doce? O chocolate amargo proporciona:

 

Aumento do metabolismo

O chocolate amargo é responsável por aumentar naturalmente o metabolismo, fazendo que com gaste mais calorias, o que auxilia no processo de perda de peso.

 

Redução do apetite

O doce tem flavonoides em sua composição, que provocam uma redução da resistência à insulina, regula índices de glicose, diminui o apetite e evita o acúmulo de gordura.

 

Proteção do coração

O chocolate tem catequina e procianidina, que são antioxidantes e inibem uma enzima que aumenta a pressão arterial. Além disso, o cacau em altas dosagens ajuda reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom.

 

Sensação de bem-estar

O consumo de cacau libera substâncias que provocam sensação de bem-estar, como a endorfina (diminui o estresse), a serotonina (é antidepressiva) e a anandamida (é antidepressiva, ansiolítica e analgésica).

Portanto, se investir na versão certa, a com no mínimo de 70% de cacau, dá, sim, para comer chocolate sem culpa!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *