Novidades no Pronatec e Programa Jovem Aprendiz – O que esperar para 2020?

O governo brasileiro está relançando um de seus esquemas emblemáticos, o Programa Nacional de acesso à Educação Técnica e ao emprego (Pronatec). As novidades sobre o programa podem ser conferidas em pronatec.inf.br, uma vez que há até inseguranças sobre a continuidade ou não do acesso às vagas de inclusão de jovens no mercado de trabalho e em cursos técnicos.

O foco do Pronatec hoje

O Pronatec está focado em jovens brasileiros de baixa renda e tem desempenhado um papel importante na criação de competências de nível de entrada para preencher a lacuna de conhecimento existente no setor de TI.

Segundo o ministro da Educação (e ex-ministro da Ciência e Tecnologia) Aloizio Mercadante, a intenção é permitir que os participantes estudem os currículos técnicos ao mesmo tempo que o ensino médio.O programa até agora tem sido disponível apenas para estudantes que completaram a educação de adultos em uma data posterior, por isso a adoção tem sido menor do que o esperado.

Cerca de 26.000 escolas públicas em todo o país terão módulos do Programa disponíveis. Desde 2015, a Pronatec tem 1,3 milhões de estudantes inscritos.

Com o relançamento, a intenção é oferecer 2 milhões de lugares este ano, dos 5 milhões totais a serem disponibilizados para o período 2016-2019.

O objetivo inicial para o Pronatec – uma das pedras angulares da campanha da presidente Dilma Rousseff e um programa que sofreu cortes orçamentais significativos como resultado de importantes reduções recentes nos gastos do governo, era disponibilizar 12 milhões de vagas até 2018.

Programas destinado aos jovem aprendizes

Pronatec é um programa de qualificação gerido pelo Ministério da Educação. que tem diferentes modalidades. O trabalhador Pronatec, por exemplo, é um programa que qualifica as pessoas para que possam então ir para um procura de emprego bem sucedida.

A principal diferença com o aprendiz Pronatec é que ele qualifica jovens trabalhadores já Empregados. Assim contribui para melhorar a produtividade e garantir que o conhecimento é diretamente relevante para as necessidades de trabalho dessa pessoa.

O aprendiz Pronatec tem um enfoque específico, que é sobre as empresas não contributivas. Isto significa micro e pequenas empresas, que não pagam para o sistema S. Inclui também a administração pública, tanto na federal e nos níveis estadual e Municipal.
A

forma como o programa funciona é que permite ao governo federal intervir, financiando diretamente o lado acadêmico da formação a formação de aprendizes nas instituições de qualificação, o que reduz consideravelmente aos custos para as empresas. O que isto faz é permitir-nos expandir o profissional Programa de aprendizagem, tornando mais fácil para as pequenas empresas oferecer aprendizagens. Para eles isso significará uma maneira mais fácil de obter mão-de-obra qualificada e beneficiar de programas de formação que caso contrário, estavam fora do seu alcance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *