O estado não será capaz de vender 200 propriedades de Isaías irmãos, após uma decisão do Tribunal Provincial de Guayas | Comércio

Estado no podrá vender 200 propiedades de los hermanos Isaías tras fallo de la Corte Provincial del Guayas

LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM

A 200 propriedades apreendidas dos irmãos Isaías, que ainda tem o Estado não pode ser vendido. Então, ratificado pela manhã de quarta-feira, 26 de setembro de 2018, o Tribunal Provincial de Justiça de Guayas.

Isso depois que, em julho deste ano, o conselho de Isaías, Jorge Zavala, para obter uma liminar para proteger os bens e propriedades, até que seja resolvido o mérito do processo abrangente de reparações emitidas pelo Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), convulsões, e cuja origem é a Resolução AGD-UIO-GG-2008-12-08 de julho de 2008. Zavala, comentou que o Banco Central, Inmobiliar e o Procurador-geral recorreram a essas medidas, e chamado para o levantamento do mesmo. No entanto, após a audiência, que foi realizada a partir de sexta-feira, 21 de setembro, o Tribunal decidiu em favor de Isaías. A resolução foi notificada na quarta-feira por escrito. De acordo com o jurista, entre as propriedades seria de ações e ativos de mídia apreendida como um TC, e Gama. O advogado de defesa indicou que esta é a última instância que tinha a entidades públicas para recorrer da sentença. Agora eles vão esperar ele resolver o mérito do processo de reparação integral e as propriedades são devolvidos para seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *