Elevar o alerta de tsunami após um terremoto de 7,6 em Honduras | Comércio

Levantan alerta de tsunami tras terremoto de 7.6 en Honduras

Uma magnitude de 7,6 terremoto sacudiu o norte de Honduras e gerou um alerta de tsunami na região do Caribe , que foi, em seguida, desligado, informou a Comissão Permanente de Contingências (Copeco), em seu Twitter.

O terremoto, que ocorreu às 20:51 (hora local), terça-feira, 9 de janeiro de 2018, é sentida com intensidade variável em vários países. No momento não há vítimas ou danos materiais. Em um primeiro tempo indicado de magnitude 7.8, que foi mais tarde reduzido pelas autoridades. “Terremoto registrado em território de honduras e @Copeco_Honduras realizado o monitoramento sísmico nacional,” confirmou o comissário presidente da Copeco, Lisandro Rosales. O hipocentro foi localizado a cerca de 10 quilómetros de profundidade no mar e a 202 quilômetros a nordeste do território de honduras, de acordo com o U. s. Geological survey (USGS). O terremoto fez que para ativar os alertas de tsunami no caribe costa de Honduras, México, Cuba, Belize, Nicarágua (Miskito Ilhotas), Ilhas Cayman, Costa Rica, Haiti, Porto Rico, República Dominicana e Jamaica, que foram removidos mais tarde. O terremoto também foi sentido no estado mexicano de Quintana Roo, onde existem locais turísticos como Cancún e Playa del Carmen,sem qualquer relatados danos, informou o coordenador nacional de Protecção Civil do país, Luis Felipe Puente. Para o momento, não há registros de danos em estruturas, mas de honduras autoridades pediram que as pessoas afetadas para relatório de incidentes para o 911. O presidente do país, Juan Orlando Hernández, pediu à população para manter a calma. “Antes do terremoto registrado no nosso país, temos de ter activado um sistema de emergência, por favor, mantenha a calma, relatório de emergência para o @911Honduras e siga todas as instruções do @COPECO_HONDURAS”, ele escreveu. Também Nicarágua ativou seu sistema de alerta na região do Caribe. O vice-presidente, Rosario Murillo, informou a imprensa oficial na terça-feira que o terremoto sentiu-se “muito forte” no norte do Caribe e os departamentos de fronteira com Honduras. Não foram comunicados humano perda ou dano material. Murillo explicou que o Exército e as forças Navais da Nicarágua estão “em alerta” para possíveis réplicas do tremor, especialmente em áreas vulneráveis,a Miskito Ilhotas, Bilwi (américa do norte, Caribe), Milho Ilha e Little corn Island (sul do Caribe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *