Como Funciona a Nota Carioca

Brasileiros gostam de sonegar impostos. Não é por menos. Afinal pagamos muito e não recebemos praticamente nada em troca das taxas altíssimas. O governo tem cada vez mais tentar cercar os comerciantes, para que eles não possam fugir das taxas cobradas. Uma forma de fazer isso foi dificultar a não emissão de notas e também beneficiar os consumidores abatendo valores do IPTU de seus imóveis.

A maior dúvida que a nota carioca gera, é se vale a pena pedi-la. Para receber o direito, é fundamental que os Cariocas cadastrem-se no sistema de nota carioca. Eles precisam também pedir CPF na nota, todas as vezes que realizarem uma compra que precisa ser abatida.

O imóvel escolhido, pode receber créditos de mais de uma pessoa. Bem como a mesma pessoa pode destinar as taxas pagas para mais de um imóvel. O consumidor pode ainda participar de sorteios extraídos pela Loteria Federal.

Os estabelecimentos que geram as notas são:

  • Hospedagens em hotéis,
  • Escolas,
  • Cursos,
  • Salões de beleza,
  • Clínicas médicas,
  • Oficinas,
  • Academias,
  • Entre outras prestações de serviços.

Caso o sistema não esteja funcionando na hora, é possível pedir Recibo Provisório de Serviço (RPS), que deverá ser convertido em nota fiscal dentro de 20 dias. É importante lembrar que não pode passar do dia 8 do mês seguinte para que o processo seja realizado.

A nota pode ser realizada na hora, bem como pode também ser enviada posteriormente ao consumidor. Se optar por enviar/receber depois, ela será enviada através do seu endereço de e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *