A chuva e o nevoeiro complicar a visibilidade nas ruas de Quito, este 28 de março | Comércio

Lluvias y niebla complican la visibilidad en calles de Quito este 28 de marzo

Quito amanheceu com uma chuva forte na quarta-feira, 28 de março de 2018. Uma espessa camada de neblina cobria várias áreas da cidade, que permaneceu consideravelmente a visibilidade em vias como as avenidas, Simon Bolívar, o Marechal Sucre e Velasco Ibarra.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia e Hidrologia (Inamhi), estas condições serão apresentadas em todas as províncias, localizado na região Andina. As autoridades da Agência Metropolitana de Trânsito (AMT) aumentou sua equipe em formas de gerir a mobilidade, que muitas vezes é complicada pela presença de chuva.

Las complicaciones del clima provocaron un incremento de la nubosidad en el sur de Quito. El Inamhi ha alertado sobre una posible prolongación de las precipitaciones en la capital. Foto: Eduardo Terán/ EL COMERCIO

As complicações do clima levou a um aumento da nebulosidade no sul de Quito. O Inamhi foi alertado sobre uma possível extensão da precipitação na capital. Foto: Eduardo Terán/ EL COMERCIO

No setor da velha ponte sobre o rio Chiche foi bloqueado o caminho e fez desvios para o heavy rain. A Agência diz que as operações são aplicadas para garantir a segurança na estrada.

🌧 ANTIGA PONTE, CHICHE chuva forte neste momento, para garantir a segurança na estrada são feitos bloqueios e desvios no setor. ¡NÃO TE DISTRAIGAS!

— AMT Quito (@AMTQuito)

Além disso, eles lembraram os motoristas a reduzir a velocidade, ligar luzes, mantenha uma distância de segurança com veículos e respeitar o pedestre. O Inamhi prevê que, nos próximos dias, o céu será parcialmente nublado e será apresentado pancadas de chuva espalhadas e chuveiros.

Los vehículos circulaban con las luces encendidas, por la poca visibilidad que se presentó en Quito durante las primeras horas de este 28 de marzo del 2018. Foto: Eduardo Terán/ EL COMERCIO

Os veículos dirigi o carro com as luzes acesas, pela pouca visibilidade que foi apresentado, em Quito, durante a madrugada de 28 de março de 2018. Foto: Eduardo Terán/ EL COMERCIO

Durante a tarde e noite de terça-feira, 27 de março, o Vale do Pargo foi o setor mais afetado pela chuva.

🌧 AVENIDA MARISCAL SUCRE (OCIDENTAL) chuva forte neste momento, nossa equipe executa o controle em todo o caminho. RESPEITAR OS SINAIS DOS AGENTES DE TRÂNSITO!

— AMT Quito (@AMTQuito)

O Corpo de Fogo veio a este setor para ajudar com a remoção de granizo de algumas casas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *