gestão-de-facilities

A gestão de facilities é uma solução para empresas e condomínios que desejam otimizar seus serviços, reduzir custos e garantir uma boa operacionalização em diferentes ambientes.

Mas, afinal, o que é gestão de facilities, como funciona e quais são os benefícios que ela proporciona? A seguir, confira as respostas para essas dúvidas e saiba como os facilities services podem lhe auxiliar!

 

O que significa gestão de facilities?

Primeiro, é importante saber o que é facilities. Trata-se de serviços que são realizados via terceirização, visando à simplificação do trabalho e redução de custos ao contratante.

Normalmente, o termo facilities é empregado para a terceirização de atividades-meio, para dar suporte no bom andamento da empresa ou condomínio, assegurando que tudo transcorra bem.

Embora seja mais empregado para se referir a atividades de apoio, como limpeza, zeladoria e recepção, facilities também envolve o trabalho de suporte em setores administrativos.

E o que é a gestão de facilities, especificamente? Simples: é gerenciar / administrar esses serviços terceirizados, supervisionando e coordenando tudo o que é feito, para dar total apoio à operação e evitar paradas.

 

Vantagens da gestão de facilities

A gestão de facilities é uma solução de proporciona excelentes vantagens para a empresa ou condomínio, como as que são apontadas a seguir:

  • Possibilidade de manter o foco na atividade-fim da empresa, aumentando sua chance de crescimento e lucro;
  • Garantia do perfeito andamento das ações, com ambientes adequados e sem paradas;
  • Economia de tempo, recursos e dinheiro, podendo investir em melhorias e nos processos que geram resultados à empresa;
  • Redução de custos com encargos trabalhistas e com funcionários;
  • Maior qualidade do serviço, com menor chance de retrabalhos ou desperdícios.

 

Serviços mais comuns na gestão de facilities

Alguns serviços são mais comuns e terceirizados pela empresa de facilities. Entre eles, destaque para os de segurança, portaria, limpeza e conservação, recepção e manutenção predial.

exame-de-ordem

A cada ano, são realizadas três edições do Exame de Ordem, a terceira delas, normalmente é finalizada no ano seguinte. Para essas três edições acontecerem são realizadas seis provas, contando com primeira e segunda fase. Ou seja, você tem três chances de garantir a aprovação na prova OAB por ano. Mas, com um pouco de esforço, a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil é conquistada já na primeira tentativa.

Se você está se programando para participar da próxima edição do Exame de Ordem, saiba que ele exige um estudo consciente. Afinal, a base de conhecimento do Direito você tem, já que passou no mínimo quatro anos em um curso de bacharelado. Agora, o que falta é aprofundar esse conhecimento e fazer uma preparação voltada para o que é cobrado na prova OAB. Para isso, além de contar com um curso OAB, é importante revolver questões de exames anteriores, assim, você já terá uma prévia de como será o grande dia.

Antes de iniciar sua preparação com um curso OAB é importante saber que esse é apenas um passo da sua carreira de sucesso. Há pessoas que se cobram muito e em razão dessa pressão não conseguem atingir um bom índice de acerto na prova OAB. Vale lembrar que na 1ª fase, a prova OAB é formada de 80 questões e que você precisa acertar no mínimo 50%, ou seja, precisa atingir 40 acertos.

Apesar da OAB exigir apenas metade das questões do exame, o nível de reprovados está aumentando muito a cada ano. Isso acontece, porque as pessoas acreditam que é possível estudar sozinho para o exame, ou ainda, acham que apenas o conteúdo da graduação já é o suficiente para ser aprovado. Infelizmente, não é bem assim, é preciso fazer um estudo mais direcionado para conquistar a aprovação no Exame de Ordem.

 

Preparação para o Exame de Ordem

O curso OAB online pode ser a melhor solução para quem precisa conciliar o trabalho com os estudos. Como não é preciso se deslocar até outro local para ter acesso às aulas, você já economiza minutos diários no trânsito e pode estudar por mais tempo. Outro ponto, é que você pode se preparar do conforto da sua casa e da forma que melhor se adequar a sua rotina. Você será o responsável pelos estudos e pelo seu sucesso.

Não importa em qual das edições do Exame de Ordem você vá participar, é importante testar seus conhecimentos e aprender com seus próprios erros e acertos. Isso acontece quando você tentar resolver a prova OAB de edições anteriores. Comece sempre pela última edição, assim você terá acesso ao conteúdo mais atualizados e ao nível atual de dificuldade do exame.

Além disso, o ideal é procurar por um curso OAB que conte com videoaulas. Essa é a forma mais dinâmica de adquirir e guardar o conhecimento. Afinal, você terá ao seu lado a experiência de um professor que vai simplificar a matéria em uma explicação curta e direta.

cortina-blecaute

A cortina blecaute é uma aliada da decoração do quarto bebê, contribuindo para tornar o ambiente mais bonito. No entanto, não é só isso: o acessório oferece outros benefícios especiais que fazem valer o investimento na peça. Saiba, aqui, quais são eles!

 

Benefícios da cortina blecaute ao quarto infantil

Mas, afinal, quais seriam os benefícios da cortina blackout para o quarto? Há três específicos que merecem ser destacados:

 

  • Corte do excesso de luz

A cortina para quarto infantil blecaute bloqueia o excesso de luz, tornando-a equilibrada no cômodo e mais agradável ao bebê, que passa a ter um sono tranquilo, ajudando no seu desenvolvimento.

Essa característica faz a diferença principalmente em dias mais claros do verão e em regiões onde há incidência solar mais forte. Em situações assim, a cortina é um item fundamental para o quarto.

 

  • Privacidade para a família

Cortina para quarto de bebê leve e transparente possibilita que qualquer pessoa veja o que acontece no cômodo, algo bastante comum quando se mora em apartamentos.

Como o material da cortina blecaute é mais grosso, dá para evitar isso e garantir mais privacidade para a família, principalmente à mãe e ao bebê no momento da amamentação.

 

  • Menos poeira e poluentes no quarto

A cortina blackout não corta somente a luz, ela também funciona como uma barreira de poeira e poluentes vindos da rua, colaborando para que o quarto seja mais salubre, com menor chance de prejudicar a saúde do bebê.

 

Dicas para comprar cortina blecaute

Pensando em investir em cortinas com blecaute para quarto de bebê? Uma dica infalível é comprar uma de qualidade, porque ela tem melhor acabamento e elevada durabilidade.

Além disso, garanta um modelo numa tonalidade clara, como o branco ou tons pastéis, que tem mais a ver com a decoração de quarto infantil e contribui para uma maior sensação de aconchego.

O governo brasileiro está relançando um de seus esquemas emblemáticos, o Programa Nacional de acesso à Educação Técnica e ao emprego (Pronatec). As novidades sobre o programa podem ser conferidas em pronatec.inf.br, uma vez que há até inseguranças sobre a continuidade ou não do acesso às vagas de inclusão de jovens no mercado de trabalho e em cursos técnicos.

O foco do Pronatec hoje

O Pronatec está focado em jovens brasileiros de baixa renda e tem desempenhado um papel importante na criação de competências de nível de entrada para preencher a lacuna de conhecimento existente no setor de TI.

Segundo o ministro da Educação (e ex-ministro da Ciência e Tecnologia) Aloizio Mercadante, a intenção é permitir que os participantes estudem os currículos técnicos ao mesmo tempo que o ensino médio.O programa até agora tem sido disponível apenas para estudantes que completaram a educação de adultos em uma data posterior, por isso a adoção tem sido menor do que o esperado.

Cerca de 26.000 escolas públicas em todo o país terão módulos do Programa disponíveis. Desde 2015, a Pronatec tem 1,3 milhões de estudantes inscritos.

Com o relançamento, a intenção é oferecer 2 milhões de lugares este ano, dos 5 milhões totais a serem disponibilizados para o período 2016-2019.

O objetivo inicial para o Pronatec – uma das pedras angulares da campanha da presidente Dilma Rousseff e um programa que sofreu cortes orçamentais significativos como resultado de importantes reduções recentes nos gastos do governo, era disponibilizar 12 milhões de vagas até 2018.

Programas destinado aos jovem aprendizes

Pronatec é um programa de qualificação gerido pelo Ministério da Educação. que tem diferentes modalidades. O trabalhador Pronatec, por exemplo, é um programa que qualifica as pessoas para que possam então ir para um procura de emprego bem sucedida.

A principal diferença com o aprendiz Pronatec é que ele qualifica jovens trabalhadores já Empregados. Assim contribui para melhorar a produtividade e garantir que o conhecimento é diretamente relevante para as necessidades de trabalho dessa pessoa.

O aprendiz Pronatec tem um enfoque específico, que é sobre as empresas não contributivas. Isto significa micro e pequenas empresas, que não pagam para o sistema S. Inclui também a administração pública, tanto na federal e nos níveis estadual e Municipal.
A

forma como o programa funciona é que permite ao governo federal intervir, financiando diretamente o lado acadêmico da formação a formação de aprendizes nas instituições de qualificação, o que reduz consideravelmente aos custos para as empresas. O que isto faz é permitir-nos expandir o profissional Programa de aprendizagem, tornando mais fácil para as pequenas empresas oferecer aprendizagens. Para eles isso significará uma maneira mais fácil de obter mão-de-obra qualificada e beneficiar de programas de formação que caso contrário, estavam fora do seu alcance.

prova-oab

Em meio ao turbilhão de ansiedade e expectativa diante de prestar a prova da OAB, uma grande dúvida pode surgir quando se imagina uma reprovação.

Existe um limite de vezes em que posso fazer a prova da OAB? A resposta para esta pergunta é simples e direta: NÃO.

Desta forma você pode se inscrever e participar do Exame de Ordem quantas vezes achar necessário, ou seja, até passar!

E para que você possa se acalmar e manter o foco nos estudos, já que o objetivo é passar de primeira, evitando qualquer número de tentativas possíveis, separamos abaixo algumas informações que serão úteis para você como candidato.

 

OAB em um ano

O Exame da OAB é realizado três vezes por ano. O primeiro edital geralmente é esperado para o mês de janeiro; o segundo em maio e o terceiro em agosto. Ou seja, é muita oportunidade para conquistar a tão sonhada carteirinha e inscrição no conselho regional.

Mas é claro que esta não é uma ordem de datas fixa, já que a organização das provas depende da disponibilidade do Conselho Federal da OAB, responsável pelo calendário dos exames.

 

Reaproveitamento da OAB

Outra grande oportunidade para os candidatos é a opção de reaproveitamento.

Também conhecido como repescagem da OAB, o reaproveitamento do Exame de Ordem foi criado para oferecer mais uma chance aos candidatos que foram aprovados na prova de 1ª fase, mas, infelizmente não obtiveram o total de pontos necessários na prova prático-profissional.

Desta forma, existe a possibilidade de o aluno utilizar a aprovação da 1ª fase, uma vez que a Ordem dos Advogados do Brasil permite que o candidato efetue mais uma tentativa de aprovação, realizando somente a prova de 2ª fase.

Podem ainda utilizar a opção de reaproveitamento os examinandos aprovados na 1ª fase e que estiveram ausentes ou foram eliminados na 2ª fase.

 

Edital complementar

O reaproveitamento da OAB é relativamente novo, e surgiu no XII Exame de Ordem Unificado, fazendo parte do Provimento número 156/2013, que apresentou diversas alterações com relação ao exame de ordem.

Publicado por meio de um edital complementar, o reaproveitamento é válido somente para a prova da OAB subsequente ao qual o candidato foi reprovado. Ou seja, se o candidato foi reprovado no XXIX Exame de Ordem, poderá utilizar o reaproveitamento somente no XXX Exame de Ordem.

Sendo assim, o candidato que deseja reaproveitar o resultado de aprovação na 1ª fase deve seguir todas as regras constantes no edital complementar, o que inclui efetuar uma nova inscrição e efetuar o pagamento de taxa que custa R$ 130.

 

Preparação para a prova de reaproveitamento/repescagem OAB

Com a aprovação da 1ª fase conquistada, é hora de focar seus estudos para a prova de 2ª fase.

Para que você se sinta ainda mais confiante e tenha uma preparação bastante específica e aprofundada, um preparatório OAB é a solução ideal.

Com a ajuda de professores qualificados e experientes neste tipo de exame, você terá o devido auxílio para estudar somente o que realmente importa para a realização da prova prático-profissional.

arrumar-mala-de-viagem

Arrumar a mala de viagem é uma tarefa difícil, afinal, há um limite de peso para ser cumprido, senão será necessário pagar pelo excesso de bagagem, o que não é barato.

Mas, como arrumar uma mala perfeita e evitar esse problema? Aqui, apresentamos dicas para atingir esses resultados. Confira e as coloque em prática!

Como arrumar a mala?

Há algumas dicas fáceis de serem colocadas em prática para arrumar a mala perfeita e leve para sua viagem. Veja quais são elas:

  • Considere a temperatura do local

Acompanhe a previsão do tempo do local com antecedência, para saber se leva somente roupas leves (para dias quentes) ou pesadas (para períodos frios). Assim, é possível reduzir consideravelmente os itens da mala a exatamente tudo o que será preciso e usado.

 

  • Baseie-se no tempo de viagem

Considerar o tempo de viagem ajuda a reduzir a quantidade de peças que vão na mala a somente esse período. Portanto, se for passar 7 dias no local, escolha roupas para esses dias, apenas.

 

  • Evite exageros

Edite sua mala o máximo possível, avaliando a possibilidade de repetir peças, como calças, shorts e sapatos, por exemplo. Para viagens longas, dá para levar poucas peças e lavá-las no local.

O que levar na mala de viagem e o que levar na bagagem de mão

Na mala de viagem é possível colocar itens de uso pessoal, como roupas, produtos de higiene, maquiagens, cosméticos, medicamentos, perfumes, bebidas alcoólicas e objetos cortantes.

Já na bagagem de mão recomenda-se levar documentos, itens de valor (dinheiro, máquina fotográfica, notebook, tablet e joias), livro, casaco, manta, medicamentos e quantidade limitada de bebida.

Qual peso da bagagem

O peso costuma variar entre companhias áreas e passagem comprada. Normalmente, para voos nacionais o peso é de 23 kg para mala despachada e 10 kg de bagagem de mão. Já para voos internacionais, é possível despachar duas malas de até 32 kg e levar uma mala de bordo também de até 10 kg.