Pesquisas anteriores colocaram em incerteza a eficácia dos cigarros eletrônicos como substitutos do tabaco. Tabaco eletrônico é um dispositivo eletrônico que liberta um vapor inalável, podendo moderar ou não nicotina. Este aerossol contém muitos aromas e é produzido segundo água, sem esbraseamento. Estão disponíveis no mercado centenas de aparelhos e milhares de aromas. Seu consumo tem aumentado nos últimos anos, nomeadamente entre os adolescentes.

Estudos em ratos confirmaram que a vaporização deve induzir a uma resposta inflamatória nos pulmões. Em junho, Laura Crotty Alexander, da Universidade da Califórnia em San Diego, publicou resultados que mostram que vapor possui uma variedade de efeitos desagradáveis, induzindo a disfunção renal e espessamento e cicatrização do tecido subjuntivo do coração. Os dados sugerem que a vaporização pode estar prejudicando a barreira epitelial que reveste os pulmões, causando ardor.

Há alternativas aos cigarros tradicionais, como cigarro eletrônico e tabaco agasalhado, capazes de reduzir drástica e rápida a epidemia de doenças causadas pelo fumo, e essas soluções devem ser apoiadas. É esta a mensagem que mais de 70 representantes de topo de instituições de saúde pública e luta contra tabagismo almejam passar à Organização Mundial da Saúde (OMS), assinando para tal uma epístola ocasião ao diretor-geral, Tedros Adhanom Ghebreyesus, citada pelo Financeiro Times.

Um tabaco sem piche, sem cinzas, sem fumo, nem a maioria das substâncias tóxicas presentes numa réplica convencional: cigarro eletrônico, um vaporizador de nicotina, foi um extenso sucesso este ano, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. Seu uso duplicou nos últimos quatro anos, e atualmente são mais ou menos sete milhões de usuários na Europa – segundo cifras divulgadas ultimamente numa conferência mundial sobre tema em Londres.

Para pessoas que fumam cigarros tradicionais os cigarros eletrônicos não possui exposição ao breu ou a maioria dos gases venenosos na fumaça do cigarrilha. No entanto, não está naturalmente se os cigarros eletrônicos realmente contribuem para um número significativo de pessoas que conseguem largar vício no tabaco não obstante subsistir nas redes sociais diversos relatos de usuários deste aparelho que dizem justamente contrário.

O estímulo ao uso do cigarro eletrônico deve, após anos de queda consistente, devido às campanhas anti-tabágicas, provocar um aumento no número de pessoas viciadas em nicotina. A falsa sensação de segurança pode fazer com que número de fumantes volte a crescer.

Há estudos que mostram que ex-fumantes, que tinham parado completamente de fumar cigarros comuns, voltaram a fumar, agora com cigarros eletrônicos.

As pessoas que usam e-cigarrilha até diminuem consumo de cigarros tradicionais, porém um estudo de 2013 mostrou que 77% dos usuários do cigarro eletrônico insistem em fumar cigarros comuns. Em diversos casos, consumo de nicotina não é reduzido e o paciente continua tão viciando quanto antes.

prova oab

Avaliação obrigatória para os bacharéis em Direito no Brasil, o Exame de Ordem testa a capacidade, os conhecimentos e as práticas exigidos para exercer a advocacia. Saiba quais são os temas mais cobrados na prova da OAB, o que é necessário estudar e como escolher seu curso preparatório para obter a carteirinha da OAB!

O que estudar para OAB

Aplicada pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, a prova é dividida em duas etapas: na 1ª fase são 80 questões de múltipla escolha e na 2ª fase ocorre a prova específica.

Para a primeira etapa os candidatos devem conhecer o conteúdo das áreas de Direitos Humanos, Código do Consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, Direito Ambiental, Direito Internacional, Filosofia do Direito, Estatuto da Advocacia e da OAB, seu Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina da OAB.

Confira abaixo uma seleção de temas mais cobrados em vídeos sobre cada área do direito:

Já na segunda etapa, os candidatos decidem no momento da inscrição em qual área querem seguir. As opções são: Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Empresarial, Direito Penal, Direito do Trabalho ou Direito Tributário e do seu correspondente direito processual. Nesta fase será necessário produzir uma redação de peça profissional e responder as quatro questões discursivas sobre situações-problemas da área selecionada.

Como escolher a área da 2.ª fase da OAB

Para saber como escolher uma área na segunda fase do Exame de Ordem, o professor Antonio Kozikoski fala da importância de considerar sua aptidão em primeiro lugar. Por exemplo, caso já tenha feito estágio na área de Direito Civil, você conhece a rotina diária de prática naquela área, e essa pode ser uma escolha segura para sua aprovação.

Porém, caso ainda não trabalha em uma área específica do Direito, adote o segundo critério que é a afinidade. “Você terá que fazer um estudo muito dedicado na área e é um horror estudar uma matéria que não gosta. Se você vai feliz para as aulas de Direito do Trabalho, por exemplo, essa deve ser a sua escolha”, comenta.

Por último, caso ainda esteja indeciso, leve em consideração uma análise das últimas provas. Veja os exames de todas as áreas de edições anteriores, exclua alguma os que você realmente não goste, e veja o que se familiariza mais.

Curso preparatório OAB

Para sua preparação para o Exame de Ordem os cursos online são uma excelente opção. Além do custo ser menor em comparação as opções presenciais, você pode se preparar na hora e local em que desejar.

Outro ponto importante são as videoaulas organizadas em formato de plano de estudos, elas ajudam na memorização do conteúdo de forma rápida, direta, eficaz e sem perda de tempo para você passar no Exame de Ordem.

E por fim, é importante praticar com questões e provas de exames anteriores para testar seus conhecimentos e diminuir a ansiedade que pode aparecer no dia do exame. Você revisa os temas já estudados, tira dúvidas e ajusta os últimos pontos para obter sua carteirinha da OAB.

Caso você tenha conseguido resolver todos os problemas que enfrentou quando decidiu viajar para o exterior e finalmente viajou para outro país falando em outra língua, e Ops, Você não sabe sua língua, então, este artigo é para você!

Ter um bom app tradutor em seu bolso pode ser uma das coisas mais importantes que você precisa ter numa viagem, junto com algum dinheiro e o seu passaporte. Como você pode enfrentar o problema de não ser capaz de se comunicar com o povo do país, como eles falam em diferentes línguas. Felizmente, a tecnologia não nos deixou sozinhos e nos forneceu muitos em tempo real, instantâneo, multilíngue e tradutores.

Essas ferramentas podem ser usadas em telefones Android e nos ajudar a encontrar rapidamente as características linguísticas do país em que estamos e superar as barreiras de comunicação que encontramos enquanto estamos no exterior para o turismo.

1. Google Translate

O mais popular e pode ser o melhor tradutor de linguagem para Android é certamente Google Translate, este aplicativo que suporta 103 digitando online, juntamente com um banco de dados que você pode baixar e usar offline com 59 línguas.

A aplicação também tem um modo de câmera que lhe permite tirar fotos de texto para tradução instantânea em 39 idiomas. E se você estava no exterior, você vai encontrar o modo de conversação que é uma tradução instantânea de dois sentidos em 32 idiomas, e você pode rapidamente escrever o que você precisa para traduzir usando um stylus e o aplicativo vai reconhecê-lo se for um dos 93 idiomas suportados. – Veja a avaliação do app google tradutor. 

O aplicativo é totalmente gratuito para baixar e instalar sem anúncios, honestamente, é um dos melhores aplicativos de tradução de idiomas que o Google tem fornecido, e você pode baixá-lo através do Google Play Store e começar a baixar as línguas offline

POST RELACIONADO: ferramentas de tradução para além do google tradutor 

2. Tradutor Microsoft

Enquanto vivermos, enquanto assistirmos à competição entre o Google e a Microsoft vai mais emocionante. Microsoft Translate é outro melhor aplicativo de tradutor de linguagem livre com um suporte de 60 + idiomas.

Você pode usar o Tradutor Microsoft para traduzir online e offline, com texto, conversas de voz, fotos de câmera e imagens.

A aplicação de tradução de linguagem é menos em suporte de linguagem quando comparada com o Google Translate, mas ele não só tem um modo de conversação, ele tem um modo multi-pessoa que permite que 100 pessoas falem juntos em diferentes idiomas.

Ele também tem um recurso mais que é a tradução do menu de contexto que permite que você traduza texto em outros aplicativos sem a necessidade de abri-lo cada vez que você precisa traduzir. E sincroniza automaticamente as suas traduções entre o seu telefone e o Android usar smartwatch.

Microsoft Translator também é um tradutor de linguagem livre para Android disponível através da Google Play Store, e você pode usá-lo on-line ou baixar os pacotes de idiomas para usá-lo off-line sem anúncios

3 – Itranslate

Um dos melhores aplicativos de tradução para Android suporte a mais de 100 idiomas com muitas características que o tornam diferente dos outros, como dar-lhe a escolha de selecionar ouvir traduções em vozes masculinas ou femininas, e fornece-lhe um dicionário de expressões para todas as línguas.

Há também uma versão Pro desta aplicação de tradução de linguagem que lhe dá mais recursos como a tradução offline em mais de 40 línguas, conversas voz-a-voz, recurso de lente que lhe permite usar a sua câmera para tradução para traduzir o texto instantaneamente, e conjugações verbais em diferentes tempos.

o Translator & Dictionary iTranslate está disponível gratuitamente e oferece compras no aplicativo para os recursos anteriormente mencionados, e você pode obtê-lo através do Google Play Store.

Veja também: os 5 melhores aplicativos de tradução simultânea iOS e Android. 

aplicativo de tradução

Más traduções. Todos as  vimos por aí  e todos nós rimos delas. No seu melhor, são bastante engraçadas. Os exemplos mais notórios têm até gerado memes. Há até blogs Tumblr que agregam uma tradução infeliz, imprecisa e hilariante que falha para todos verem.Mas, no seu pior, pintam um quadro de despossessão e preguiça. Se você está planejando se candidatar a um emprego ou um apartamento no exterior, ou está procurando traduzir sua página web, você precisa acertar as coisas na primeira rodada.

O problema é duplo. Em primeiro lugar, as traduções são feitas por pessoas que não têm um comando perfeito no idioma alvo. Nós também nos tornamos muito dependentes do Google Translate, que oferece um serviço questionável na melhor das hipóteses.Felizmente, existem serviços que oferecem traduções acessíveis e precisas que você pode depender. Aqui estão três dos melhores, e três dos outros que funcionam perfeitamente.

Em seguida, selecione o idioma original, e o idioma para o qual você deseja traduzi-lo. Dependendo da língua em que o texto é originalmente escrito, você tem muita escolha aqui. Eu decidi o Português Brasileiro.

aplicativo de tradução

Você também pode selecionar o tom do texto. Isto é importante, uma vez que o serviço de tradução precisa de saber se deve utilizar uma abordagem mais informal ou empresarial. Você também pode ajudar o Tradutor dando-lhe uma idéia do assunto do texto. Dada a intenção um pouco amorosa, eu disse “sexo e relações”.

Em seguida, dê o seu e-mail e alguns minutos mais tarde você será enviado a sua tradução.

Se fizer sentido, clique em “approve”. Enviei a minha tradução para Eduardo, que me informou que era realmente preciso, e disse-me para nunca mais lhe enviar um e-mail.

Caso queira mais opções fique ligado nas nossas dicas aqui no blog. Elas podem ser muito úteis para te garantir um conteúdo de maior qualidade na hora de usar traduções ou escrever numa língua que não é a sua materna.